Confira o processo de produção da matéria-prima do seu componente

Aquecimento e resfriamento influenciam nas características dos aços

Como a matéria-prima do seu equipamento é produzida? Pensando nesta dúvida, a equipe da Flanjaço separou algumas informações importantes sobre o processo de fabricação do aço, matéria-prima da sua peça.

A produção do ferro e suas ligas surgiu na pré-história (Idade do Ferro) e cresceu a partir do início da era da industrialização. Hoje, o processo siderúrgico começa pela produção do ferro gusa, nos altos-fornos.

O ferro gusa nada mais é que uma liga de ferro com 2% a 5% de carbono, além de impurezas, como Mn, Si e P, entre outras. Além deste material, existem outras ligas, como o ferro fundido, liga de ferro com 2% a 5% de carbono, mas com quantidades de impurezas menores que o ferro gusa; aço/ aço comum/ aço-carbono, ligas de ferros com 0,2% a 1% de carbono e apresenta baixa concentração de impurezas (Mn, Si, P e S, entre outras); aço doce, contém menos de 0,02% de carbono; aços-ligas possuem outras substâncias químicas e apresenta quantidades especiais de carbono.

Todas estas composições são produzidas a partir de minérios de ferro, como hematita (Fe2o3), limonita (Fe2o3.H2o), magnetita (Fe3o4), entre outros. Os sulfetos de ferro, podem ser encontrados em abundância na natureza, como a pirita (FeS2), mas não servem para a produção de ferro, porque contém enxofre, e este é um dos materiais mais prejudiciais às propriedades do ferro e do aço.

Veja cada etapa da produção do aço

O processo se inicia pela preparação da carga, que é levada por caçambas e introduzidas na parte superior do alto-forno, que é formada por: minério de ferro, carvão coque – queima que ocasiona o calor necessário para o funcionamento do forno, além de produzir o CO que é o principal redutor do minério de ferro. No alto-forno as impurezas presentes no minério de ferro são removidas com o aquecimento do equipamento, que age junto ao carvão mineral e outros elementos. O alto-forno é um equipamento especial com revestimento para suportar altas temperaturas (mais de 1200 °C).

Após este processo, surge o ferro gusa, material usado na produção de aço e escórias (impurezas), que podem ser usadas na fabricação de cimento.

Refino do ferro gusa: Esta etapa consiste em escoar o material a cada 4 ou 5 horas, primeiro a escória é escorrida, depois o ferro gusa, que depois é aquecido em um forno chamado conversor. A injeção do oxigênio ajuda a eliminar as impurezas restantes, e outras substâncias são acrescentadas para conferir as propriedades, que se origina em aço líquido.

Lingote: O aço refinado é transportado até a unidade de lingotamento contínuo, vazado em distribuidor que possui vários veios. Em cada veio o aço passa por moldes de resfriamentos para ganhar o formato ideal para laminação.

Laminação: Nesta etapa o lingote de aço passa por dois cilindros que o comprimem para diminuir a espessura da peça de modo parecido ao que ocorre nas máquinas de preparo de massa para pastéis, por exemplo.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o processo de fabricação do aço, veja as características do aço comum e os detalhes que devem ser observados, como: a porcentagem do carbono – aços com teores baixos de carbono são maleáveis e dúcteis, já os com mais carbono são duros e tenazes; tratamento térmico – responsável por modificar sua estrutura cristalina; têmpera – aquecimento seguido de resfriamento rápido do aço, com isto, o aço fica mais duro, porém quebradiço; recozimento – aquecimento seguido de resfriamento mais lento do aço, que o torna mais elástico, porém menos duro.

Esse processo é um pouco do que ocorre antes do aço se tornar um componente Flanjaço, como flanges de precisão, válvulas, tubos, conexões, curvas, entre outros. Lembrando que a Flanjaço é uma empresa responsável e preza pelo meio ambiente e todos recursos naturais, além de seguir todas as normas nacionais e internacionais para a confecção de cada peça, que garantem um ótimo desempenho do seu sistema.

Para mais informações sobre dispositivos industriais, acesse e preencha o formulário online ou entre em contato através do e-mail: contato@flanjaco.com.br.